Após os dez últimos classificados passarem pelos playoffs, a UEFA definiu os grupos das 32 equipes que disputarão a edição de nº 63 da Champions League. Na temporada passada, jogando em Estocolmo, o Manchester United venceu o Ajax na final da Liga Europa por 2 a 0 e conquistou o título do torneio pela primeira vez em sua história. Pode-se dizer que o triunfo salvou a temporada do clube inglês, que mesmo terminando em sexto na Premier League, volta à Liga dos Campeões em 2017/2018, após ficar de fora na última temporada. 

Veja mais:
As 7 maiores façanhas de clubes ingleses na Europa
Lealdade, habilidade e maestria: as exemplares carreiras de Lampard e Gerrard
QUIZ: você sabe quem são os jogadores pelas fotos de infância?

GRUPO A

Basel, Benfica e CSKA Moscou são os primeiros adversários do United pelo grupo A da competição. Se comparado às participações recentes, o United é, mais uma vez, o grande favorito do grupo em que é sorteado. Se a sorte tem acompanhado o time, a pressão, não só pela classificação, mas pela primeira colocação do grupo, também aumenta, principalmente pela diferença significativa dos valores dos elencos das quatro equipes do grupo A. Observando a comparação em números absolutos, é impossível não considerar o favoritismo dos Diabos Vermelhos na primeira fase.

Somado ao fato de ter que superar o valioso e qualificado elenco do Manchester United, Basel e CSKA terão de superar, também, os próprios retrospectos na competição para fazer frente aos ingleses. Sem títulos da Champions, as duas equipes acumulam campanhas discretas, ficando, na maioria das vezes, pela fase de grupos. A maior fase alcançada pelos dois clubes foi apenas a de quartas de final, onde, curiosamente, na temporada 2009/2010, o CSKA Moscou cairia para a Inter de Milão, na época, comandada por Mourinho, campeã da edição.

Nos quesitos títulos/participações na Champions, só os “encarnados” se equilibram frente os números do United. O Benfica acumula dois títulos em 36 aparições na história do torneio. Os ingleses ostentam uma orelhuda a mais (3), mas, têm nove participações a menos do que o clube luso: 27.

Sem contar com os melhores elencos e retrospectos pelo grupo A, Basel, Benfica e CSKA terão de fazer de seus estádios um reduto capaz de atrapalhar o rendimento de Pogba e cia. Caso contrário, time por time, vencer os Diabos Vermelhos, convenhamos, não será uma tarefa fácil.

TÍTULO E CAUTELA

Pelos números apresentados, percebemos a vantagem considerável sobre as outras três equipes do grupo A, o que, ao que tudo indica, permitirá ao United avançar para as fases seguintes e, pouco a pouco, conforme os sorteios, tendo de enfrentar Real Madrid, Juventus, Bayern de Munique, Barcelona e PSG, além dos conterrâneos Chelsea, Tottenham, Manchester City e Liverpool.

Seja pelo enorme peso da camisa ou pelos investimentos financeiros igualmente estratosféricos, não dá para deixar essas equipes de fora da lista dos possíveis campeões da edição. Como outro gigante que se preze, o United não entra na competição para fazer escola, mas para tentar o tetracampeonato.

Com nítidas indicações de José Mourinho, o mercado do Manchester United nesta temporada endossa as pretensões do clube na Liga dos Campeões. O clube fez contratações pontuais buscando solucionar deficiências mostradas na temporada anterior e aumentar as opções nas diferentes posições do time, o que permite ao United buscar não só as taças nacionais, como também as continentais.

Com todo o contexto, considerar o Manchester United um dos candidatos ao título da Champions League 17/18 não é nenhum absurdo, mas é preciso reconhecer outros concorrentes que com times melhores, jogadores mais experientes e técnicos há mais tempo no comando, estão passos à frente da equipe de Old Trafford. Quanto ao campeão, só o conheceremos na metade de 2018. O que dá para prever é que grandes jogos entre grandes equipes do continente não faltarão.

ELENCO DO MANCHESTER UNITED PARA A UCL 17/18

Goleiros: De Gea, Romero

Defensores: Valencia, Bailly, Smalling, Jones, Lindelof, Rojo, Blind, Darmian, Shaw

Meio-campistas: Pogba, Herrera, Matic, Fellaini, Carrick, Young, Lingard

Atacantes: Mkhitaryan, Mata, Martial, Lukaku, Ibrahimovic, Wilson

Inclusos da lista “B”: Joel Pereira (Gol), Tuanzebe (Def), McTominay (M), Rashford (A) 

CURIOSIDADES

No atual elenco do United, só Juan Mata (Chelsea – 2011/2012) e Michael Carrick (Manchester United – 2007/08) foram campeões da Champions League.

Ibrahimović, apesar dos inúmeros títulos individuais e por equipes, nunca foi campeão da Champions. Em 18 de setembro de 2012, pela abertura do Grupo A, marcou um gol na partida contra o Dinamo de Kiev e tornou-se o primeiro jogador a marcar por seis clubes diferentes na UEFA Champions League.

Foi em um jogo de Champions que Wayne Rooney, hoje no Everton, estreou pelo Manchester United (2004) com direito a hat-trick na vitória por 6 a 2 sobre o Fenerbahçe.

Grupo A: Basel, Benfica, CSKA Moscou e Manchester United

12/09 – Manchester United x Basel – em casa – 15h45 (de Brasília)

27/09 – CSKA Moscou x Manchester United – fora de casa – 13h (de Brasília)

18/10 – Benfica x Manchester United – fora de casa – 16h45 (de Brasília)

31/10 – Manchester United x Benfica – em casa – 17h45 (de Brasília)

22/11 – Basel x Manchester United – fora de casa – 17h45 (de Brasília)

05/12 – Manchester United x CSKA Moscou – em casa – 17h45 (de Brasília)

PALPITES

Leandro Colombo (PL Brasil): Quartas de final

Victor Canedo (Globoesporte.com): Semifinal

SHARE

Melhor do que o Futebol é falar sobre ele. A melhor invenção do homem é também o melhor papo!
Redator no PL Brasil.

LEAVE A REPLY