A equipe do Premier League Brasil separou uma série de posts de 10 jogadores que você nem se lembra que atuaram no futebol inglês. O post de hoje é sobre o Portsmouth e temos dez nomes que você provavelmente nem sabia que tinham vestido o uniforme do Pompey.

Veja mais:

Conheça a história de “You’ll Never Walk Alone”

Quem será o substituto de Wenger?

10 jogadores que passaram pelo Arsenal que você talvez nem sabia

Após o clube amargar a League Two (quarta divisão) desde a temporada 2013-14, finalmente conseguiu o primeiro acesso depois de seguidas quedas e jogará a League One (3ª divisão) na temporada 2017-18. Relembre os bons momentos do Pompey na Premier League e com grandes jogadores vestindo essa camisa.

Confira!

Steve Finnan

(Foto: Daily Mail)

O lateral direito com ótimas passagens por Fulham, entre 1998 e 2003 e Liverpool, entre 2003 e 2008, encerrou sua carreira no Portsmouth. Após passagem pelo Espanyol, com 4 jogos realizados, o irlandês optou por retornar a Premier league para jogar pelo Pompey, que acabará rebaixado ao final da temporada 2009-10. Foram apenas 25 aparições pelo clube e a crise financeira brecou a renovação do contrato.

Frédéric Piquionne

(Foto: The Guardian)

Emprestado pelo Lyon, Piquionne jogou a temporada 2009-10, terminando como artilheiro do clube no período. Foram 45 jogos e 11 gols marcados, vice-campeão da FA Cup e lanterna na Premier League.

Benjani

O atleta do Zimbábue teve duas passagens pelo clube, a primeira entre 2006 e 2008 e a segunda durante a temporada 2011-12. No primeiro ciclo, Benjani teve bons momentos, que o levaram a ser contratado pelo Manchester City, inclusive marcando um hat-trick na partida de mais gols da história da Premier League: 7 a 4 do Portsmouth sobre o Reading, em 2007. Durante o segundo ciclo, na Championship, foi apenas um gol marcado em 18 jogos.

Theofanis Gekas

(Foto: BBC UK)

Passagem relâmpago, que não durou nem quatro meses completos. Contratado por empréstimo junto ao Bayer Leverkusen para o restante da temporada 2008-09, o grego chegou a pedido do técnico Tony Adams que foi demitido e viu suas chances desaparecem no clube. Em 11 de abril de 2009, faltando apenas um minuto para o fim do jogo contra o West Bromwich, substituiu Jermaine Pennant para realizar sua única partida pelo clube.

Asmir Begović

(Foto: The Telegraph)

Revelado pelo clube, o bósnio permaneceu vinculado ao Pompey por 5 anos. Foram apenas 17 aparições, sendo 15 delas durante sua última temporada no Portsmouth. Sem muitas chances na equipe principal foi emprestado ao La Louvière (Bélgica), Macclesfield Town, Bournemouth, Yeovil Town e Ipswich Town antes de rumar ao Stoke City em 2010.

Sulley Muntari

(Foto: Zimbio)

Revelado pelo Udinese, o volante de qualidade questionável permaneceu na equipe apenas por uma temporada e logo em seguida contratado pelo Internazionale. Entre 2007 e 2008, Muntari participou de 33 jogos e marcou cinco gols.

Milan Baroš

Talvez o nome de maior surpresa da lista, o atacante tcheco realizou 16 partidas pelo Portsmouth e não marcou nenhum gol sequer durante os seis meses que permaneceu por empréstimo do Lyon, em 2008.

Aruna Dindane

(Foto: Sky Sports)

Contratado por empréstimo junto ao Lens para a temporada 2009-10, o marfinense, que até então era o destaque do com 10 gols em 24 partidas, foi ‘impedido’ de realizar mais jogos pelo Portsmouth por uma clausula do contrato. Com a realização de sua 25° aparição, o Pompey era obrigado a pagar as £ 4 milhões ao clube francês pela permanência em definitivo, mas a equipe mergulhava na crise financeira que assola até hoje e optou não usar o atleta para o restante da temporada.

Yoshikatsu Kawaguchi

(Foto: Nice Japan)

Após se destacar pelo Yokohama Marinos, o ex-goleiro da seleção japonesa desembarcou na Inglaterra para defender o Portsmouth, como a contratação mais caro da história do Pompey naquele momento (£ 1,8 milhões). Em dois anos pelo clube, entre 2001 e 2003, participou de apenas 13 partidas sem muito brilho.

Jermain Defoe

(Foto: Daily Mail)

Apenas um ano, mas uma ótima passagem. Contratado, em janeiro de 2008, junto ao Tottenham Hotspur por £ 7,5 milhões, Defoe teve um belo início com 8 gols em 12 jogos. No total, realizou 36 partidas com 17 gols até que, em janeiro de 2009, o Spurs perceber a besteira e recontratar o jogador por um preço salgado (estimada em £ 15,75 milhões), incluindo Younès Kaboul e Pedro Mendes na negociação, além do cancelamento de parte da dívida do clube pela contratação do atleta.

SHARE
Estudante de jornalismo na FIAM-FAAM, contaminado pelo futebol e clone do Mitroglou. Alguma coisa no PL Brasil e co-administrador do Blog SoccerClass. Não duvides do meu conhecimento sobre esse esporte com bola.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY